É esperado que o RU permaneça
na “zona de circulação livre” de Carta Verde

Tempo de leitura: 3 minutos

Noticias & blog Notícias É esperado que o RU permaneça na “zona de circulação livre” de Carta Verde

É esperado que o RU permaneça na "zona de circulação livre" de Carta Verde

Tempo de leitura:3 minutos

Os condutores e transportadores rodoviários de mercadorias ficarão satisfeitos por saber que se espera que o Reino Unido permaneça na zona de circulação livre de Carta Verde. Os condutores que entrem e saiam do Reino Unido, após o Brexit, não precisarão de solicitar e transportar documentos de “carta verde” formais.

A Association of British Insurers (ABI), o principal organismo profissional de seguros do Reino Unido, comunicou que o Governo do Reino Unido reportou por escrito a intenção de permanecer na “zona de livre circulação”. Espera-se que esta decisão seja apoiada pela Comissão Europeia.

O Gabinete do Reino Unido já concluiu o acordo com o CoBX (Council of Bureaux), tendo ratificado a capacidade do mesmo para resolver quaisquer reclamações transfronteiriças, que envolvam condutores do Reino Unido.

A ABI sublinhou que o sistema de “carta verde” é administrado com documentos que têm de ser transportados pelos condutores, a menos que os países de travessia façam parte da “zona de livre circulação”, tendo em conta que um retrocesso seria fortemente burocrático e dispendioso.

“São boas notícias para os condutores e transportadores rodoviários de mercadorias, que já não se veem confrontados com a perspetiva de lidar com pilhas de papelada e de pagar custos administrativos sempre que entram num ferry, para a Europa. É sempre encorajador ver o senso comum a prevalecer e espero que a Comissão conclua as formalidades o mais depressa possível”, comentou o diretor-geral da ABI Huw Evans em abi.org.uk.

Rodrigo d’Orey

Share This